Marble Surface
Buscar

Panettone

Quem não se lembra de comer uma fatia de Panettone nessa época do ano?

Aqui vai uma curiosidade sobre o Panettone a sua história:

Ele foi criado em Milão ao que tudo indica durante a Idade Média, um ajudante de padeiro, Toni, estava muito confuso e atrapalhado com as encomendas de final de ano e acabou derrubando acidentalmente uvas passas na massa do pão ele então resolveu acrescentar outros ingredientes e colocou para assar em uma assadeira de torta doce. Ao invés de usar uma assadeira normal para pães. E ele com muito medo pediu para o chefe comer ,pois não sabia se aquilo que ele havia criado tinha ficado bom.E seu chefe amou e resolveu homenagêa-lo colocando o nome de Toni, por isso Panetone que veio de "pane di toni" que com o passar dos anos ficou PANETTONE.



Ingredientes:

  • 1 e ½ xícara de água morna

  • 1 e ½ colher de sopa de fermento biológico seco

  • 1 colher de sopa de sal

  • 1/2 xícara de mel

  • 8 ovos

  • raspas de 1 limão taiti ou siciliano

  • raspas de 1 laranja

  • 1 colher de sopa de essência de baunilha

  • 7 e ½ xícaras de farinha de trigo para pães e pizzas (tipo 0 ou tipo 00)

  • 200 gramas de manteiga sem sal gelada cortada em cubos

  • 150 g de uva passa

  • 30 g de cidra cristalizada

  • 70 g de laranja cristalizada

Em uma batedeira junte a água, o mel e o fermento e misture. Coloque as raspas da do limão, em seguida os ovos, o sal e a essência de baunilha. Adicione ⅓ da farinha e ligue a batedeira (com o uso do gancho para massas mais pesadas acoplado na batedeira) na velocidade média para baixa. Quando a mistura dos líquidos for puxando a farinha, vá acrescentando o restante. Quando a massa se formar, aumente a velocidade para máxima e bata por cinco minutos. Adicione a manteiga aos poucos e deixe ela ser incorporada. Então bata na velocidade máxima por mais cinco minutos. Coloque as frutas cristalizadas e a uva passa e misture bem. Tire a massa da batedeira e ponha em um recipiente onde ele possa crescer e cubra com insulfilm. E leve à geladeira por 24 horas.

Retire a massa da geladeira, enfarinhe a bancada e divida a massa em quatro pedaços iguais. Eu usei formas de Panettone com 15 cm de diâmetro por 10 cm de altura. Unte as formas com manteiga derretida. Coloque as bolinhas de Panettone dentro da forminha e deixe crescer com um pano por cima. E deixe crescer por mais cinco horas , ou até que sua massa tenha alcançado o topo da forminha. Com uma faca faça um corte em X na parte de cima do Panettone. Coloque um pedacinho de manteiga no centro de cada X e leve para assar em forno pré-aquecido a 200°C por mais ou menos uma hora e meia ou até que esteja bem dourado (um dourado bem escuro).

Então enfie dois palitos de churrasco na base de cada Panettone e deixe que ele esfrie virado de cabeça para baixo dentro de uma tigela ou panela alta. O Panettone não pode encostar no fundo da panela, os palitos servem para fazer com que ele fique suspenso. Isso vai fazer com que a massa do seu Panettone fique mais fofinha e que ele mantenha o formato de topo alto como saiu do forno. Caso deixado resfriar de forma normal a massa diminuirá de tamanho.



Foto: divulgação







11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo